Coisa de outro mundo? Gucci é acusada de plágio por estudante de moda da Central Saint Martins

Alessandro Michelle, diretor criativo da Gucci, respondeu às acusações de que a nova série de vídeos da marca, inspirada em alienígenas da marca, teria sido plagiada do trabalho de um estudante da famosa escola de moda de Londres Central Saint Martins. Filmados por Glen Luchfor, os vídeos são parte da divulgação da campanha de outono/inverno 2017 da marca, lançada nessa quinta-feira via Instagram, e apresenta modelos que parecem alienígenas. Logo em seguida da divulgação da campanha, a label foi acusada de plágio pelo estudante Pierre-Louis Auvray, que escreveu em seu feed do Instagram: “Os jovens criativos já lutam o bastante para que grandes empresas roubem descaradamente deles”.

Em seguida, apoiadores de Aubray deixaram comentários no perfil da Gucci, e até o perfil da Central Saint Martins no aplicativo, @BAfcsm, que é administrado por estudantes da famosa escola, postou o caso. “À esquerda está o trabalho de @pierlouis7, estudante de moda feminina da Central Saint Martins, publicado há 7 semanas. À direita é um print de um post da @Gucci de ontem. Olhe para ambas as contas e escreva abaixo o que você acha disso. De onde quer que suas influências venham, é vital para o crédito.”

gucci

Montagem publicada pelo perfil de curso de moda da Central Saint Martins no Instagram que compara o look criado pelo estudante Pierre-Louis Auvray, à esquerda, e campanha da Gucci, à direita || Créditos: Reprodução Instagram

Em entrevista ao site “Business Of Fashion” cedida na tarde desse domingo, Alessandro Michele negou as acusações. “Não é verdade”, disse ele explicando que só conheceu o trabalho do estudante nesse fim de semana, quando as acusações vieram à tona. “É algo que me deixou muito triste. As pessoas constroem uma história em torno de nada”, continuou, insistindo que a semelhança entre o trabalho de Auvray e a campanha de Gucci é coincidência, alegando que por uma questão de tempo nem seria possível a cópia ter ocorrido. “[A ideia] começou em minha mente há alguns meses, porque é um grande, grande, grande trabalho organizar tudo.”

Para Michele, que se inspirou em personagens populares extraídos de franquias como “Star Wars” e “Star Trek”, usar uma orelha pontiaguda para interpretar um alienígena é algo óbvio. “É uma linguagem muito simples para uma criança traduzir como um alienígena… Eu cresci com este tipo de coisa.”

Por fim, refletiu sobre as críticas que têm sido vítima na web comparando com sua época de estudante. “Quando eu era estudante, lembro que havia uma coleção muito bonita de Balmain, toda vermelha, e eu estava trabalhando no meu trabalho final para a escola e fiz o mesmo… Eu não acho que alguém estava emprestando meu trabalho. O Instagram está transformando a realidade.”, disse.

Em contrapartida, Pierre-Louis Auvray enviou comunicado ao site que diz: “Esta é uma estética que eu tenho caracterizado fortemente na minha mídia social há muito tempo… Eu pretendia continuar trabalhando e torná-la parte do meu portfólio de pós-graduação, mas não vou mais ser capaz, porque sou apenas um estudante e a Gucci tem uma plataforma internacional…” Tentando derrubar os argumentos de Michele, continuou: “Instagram e mídia social são ótimas ferramentas de divulgação para nós, eu só queria que essas empresas não as usassem para roubar nossas ideias”. Todos os vídeos da campanha da Gucci foram postados em seu Instagram. Abaixo, um deles.

Compartilhe: