“RuPaul’s Drag Race” chega em sua 9ª temporada e o Site da Casa lista 5 drags para seguir já!

homemesmoOKOK

Estreou em março nos EUA a nova temporada de “RuPaul’s Drag Race”, série que colocou no ar, desde a transmissão de sua 1ª fase, em 2009, o colorido do universo das drag queens. No Brasil, a 8ª temporada está sendo exibida nos canais Multishow, VH1 e Comedy Central. A cultura das drags explodiu nos anos 1980 e 1990, mas andava perdendo força antes do lançamento do reality show. Com júri liderado por RuPaul, Michelle Visage, Ross Mathews e Carson Kressley, e com convidados esporádicos, o programa reúne candidatas que disputam o título de Drag Queen Superstar. Para uma imersão virtual nesse universo de drags que arrasam como dançarinas, atrizes, performers e cantoras, o Site da Casa reúne abaixo divas para seguir já nas redes sociais. Tome nota, purpurinadas!

Darcelle XV (@DarcelleXV)

Darcelle XV || Créditos: Reprodução

Darcelle XV || Créditos: Reprodução

Começamos a lista com Darcelle XV,  a drag queen mais antiga da história de acordo com o Guiness Book. Batizada Walter Cole, a drag recebeu o título em agosto de 2016, aos 85 anos. Ela é dona da famosa casa noturna Darcelle XV Showplace, em Portland, endereço mais antigo que cedia shows de drags. Sem dúvida, um ícone que deu início a um movimento de impacto cultural enorme.

RuPaul (@RuPaulofficial)

rupaul

RuPaul, apresentadora do reality show “RuPaul’s Drag Race” || Créditos: Divulgação

A drag queen mais famosa do mundo é a apresentadora e jurada de “RuPaul’s Drag Race”. Em 1989 foi coroada a rainha de Manhattan, e atualmente se divide entre Los Angeles e Nova York. Além de ser super requisitada por marcas que vão de cosméticos – em 1994 ela foi o primeiro rosto dos batons Viva Glam, da M.A.C – a doces, tem esculturas suas de cera expostas em museus Madame Tussaud de Nova York e São Francisco.

Também já participou de filme de Spike Lee, “Crooklyn”, e já gravou “Don’t Go Breaking My Heart” em dueto com… Elton John! (Assista o divertido clipe aqui). Ah, e só neste ano ela já lançou dois CDs: “American” e “Remember-me: Essential Vol. 1”. Politizada, a drag das drags acha que o título diva já banalizou demais. “É um termo que detesto, que só quer dizer qualquer um com pretensão de subir num palco.” Tá?

Anny B. (@draganny)

anny-b-burger-king

Anny B. no comercial do Burger King || Créditos: Divulgação

A drag queen paulistana Anny B. ganhou os holofotes no início de março quando estrelou a campanha do Burger King que divulga sua promoção King em Dobro, que consiste na venda de dois sanduíches por R$ 15. De forma divertida, Anny, que faz shows em festas particulares, brinca com essa dupla personalidade que toda drag tem para escolher seus dois sanduíches pelo preço de apenas um. Muito bem aceita pela crítica pela forma que trata a diversidade, a campanha é a principal da marca no primeiro semestre de 2017. Assista aqui. O Burger King não é a primeira marca a trazer uma drag queen para seus comerciais. A Avon já trabalhou com a drag queem Pabllo Vittar.

Pabllo Vittar (@pabllovittar)

Pabllo Vittar || Créditos: Reprodução

Pabllo Vittar || Créditos: Reprodução

Famoso há mais tempo, Pabblo Vittar é tipo midas no mundo das drag queens brasileiras. Em janeiro lançou o hit “Todo Dia”, com versos como “Não espero o carnaval pra ser vadia/ Sou todo dia, sou todo dia”, que embalou as melhores festas de Carnaval pelo Brasil. Em março, o clipe bateu a marca de 8,7 milhões de visualizações. Assim, Pabllo se tornou a drag com mais acessos em um videoclipe no YouTube, superando até a americana RuPaul. Poder total! E não para por aí… Nessa terça feira ela anunciou no Instagram que é a estrela da campanha nova do Apple Music, que dá 50% de desconto para universitárias.

Gloria Groove (@GloriaGroove)

perfil-01 nota

Gloria Groove || Créditos: Divulgação

O groove em pessoa, a drag brasileira Gloria Groove vem de uma família de músicos. Seu primeiro single, “Dona”, foi lançado em janeiro deste ano e é um sucesso nas pistas. Trechos como “Sou Gloria Groove do Brasil, eu vim pra ficar” e “cultura drag é missão, um salve a todas as montadas da nossa nação” exemplificam seu som, feito para divertir, assim como contar sua história e lutar por uma causa. Tudo em ritmo de hip-hop e ginga.

Compartilhe: