Ellias Kaleb apresenta performance artística + desfile de moda no segundo dia de Casa – #fort

Há duas maneiras possíveis de analisar o trabalho de Ellias Kaleb: como performance artística e como desfile de moda. Para quem escolher a primeira opção, é importante saber que o estilista quis falar sobre a ideia de paraíso e como a percepção e desfrute do tempo está relacionada a este conceito. Por isso os sacos de areia colorida pendurados sobre os ombros dos modelos, como ampulhetas humanas; os colares com flores congeladas (uma preciosidade de beleza efêmera) e os bordados de fita com motivos florais.

Bastidores do desfile de Ellias Kaleb || Créditos: Cassia Tabatini

Bastidores do desfile de Ellias Kaleb || Créditos: Cassia Tabatini

texto: Luigi Torres
fotos de backstage: Cassia Tabatini / FORT Magazine
fotos passarela: Marcelo Soubhia/FOTOSITE

Bastidores do desfile de Ellias Kaleb || Créditos: Cassia Tabatini

Bastidores do desfile de Ellias Kaleb || Créditos: Cassia Tabatini

Agora, se você escolheu a segunda opção, os parâmetros são outros. Eles esbarram em campos técnicos e materiais e acabam naquela pergunta de até onde a criatividade, por si só, se sustenta sem um produto de qualidade. Por mais comercial que a arte tenha se tornado atualmente, o que diferencia moda dessa outra seara cultural é o fim comercial – na moda há um claro e explícito intuito de vender, por mais criativas que sejam as aspirações e a roupa em si.

Bastidores do desfile de Ellias Kaleb || Créditos: Cassia Tabatini

Bastidores do desfile de Ellias Kaleb || Créditos: Cassia Tabatini

É um questionamento válido e necessário e um que a Casa de Criadores mantém aceso no seu papel de incubadora e fomentadora de talentos. Cabe a cada marca fazer sua reflexão e tomar uma posição. Porque num mundo – e mercado – saturadíssimo, posicionamento é tudo.

IMG_7392

Bastidores do desfile de Ellias Kaleb || Créditos: Cassia Tabatini

Compartilhe: