Documentário da Índia coloca mais lenha na polêmica do trabalho escravo no fast fashion

Não é de hoje que as fast fashion estão no radar do politicamente correto por conta de denúncias ligadas ao trabalho escravo. Fechar os olhos para esta realidade, inclusive por parte do próprio consumidor, é um dos pontos abordados por quem critica essas práticas mundo afora, principalmente porque esse problema envolve sempre a população de países pobres ou em desenvolvimento, como é o caso do Brasil. Pois bem: o diretor Rahul Jain decidiu entrar nesse debate e vai lançar um documentário chamado “Machines” que finca as câmeras em uma fábrica têxtil em Gujarat, na Índia, registrando histórias que reforçam essa situação que preocupa cada vez mais.

doc

O filme começa mudo, mostrado imagens chocantes de descaso, e percebemos a precariedade com que esses trabalhadores vivem. Não há sequer música no fundo do vídeo, pois as imagens já dizem tudo. A ideia é não julgar ou indicar uma solução, apenas mostrar a realidade e por meio dela tiramos as conclusões. Um mundo sem sindicatos e sem diálogo entre funcionários e patrões. “As pessoas só vêm aqui, olham nossos problemas e vão embora. Ninguém está pronto para tomar qualquer ação”, grita um trabalhador em determinado momento do filme. O site “Dazed”, que divulgou em primeira mão o documentário, fez uma entrevista com Rahul Jain e o resultado é só clicar aqui para conferir. E, abaixo, um dos trailers do filme. Para refletir!

Compartilhe: