Tendências, as vantagens para estilistas e mais sobre o Inspiramais em entrevista com Walter Rodrigues

Para quem é feito o Salão Inspiramais? Quais as tendências que vêm por aí nos setores de roupas, calçados e acessórios, bijuteria, mobiliário, decoração de interiores e até automobilístico? Essas e outras perguntas quem responde é Walter Rodrigues, que ao lado de outros profissionais da moda possibilita entregar ao mercado novas ideias e matérias, além de aproximar estilistas e designers da indústria de materiais. Continue lendo…

Casa de Criadores – Para quem é feito o Inspiramais?
Walter Rodrigues –  “O Inspiramais é um salão de inovação e negócios para toda a cadeia de moda. É aqui que pode ser encontrado quaisquer materiais para a criação de roupas, calçados e acessórios, bijuteria, mobiliário, decoração de interiores e o setor automobilístico. As empresas participantes recebem informações a partir da pesquisa realizada pelo Núcleo de Design Assintecal, que é coordenado por mim, e partir destas informações criam matérias que se transformarão em produtos de moda na próxima estação. O Salão Inspiramais é feito para os designers dos vários setores da moda, possibilitando a eles a visitação em mais de 130 empresas diversas, acomodadas no mesmo espaço, facilitando a busca por inovação. O Conexão Inspiramais apresenta logo na entrada uma exposição de todos os materiais inéditos criados para a estação – Verão 2019. Eles estão separados em três etapas: Materiais autorais (criados a partir da tecnologia e do embasamento de cada empresa participante, caracterizando os 10%; Apostas (materiais que estabelecem uma ligação entre as tendências do mercado, aqui é o território dos 30%); e os Massificados ou comerciais (que são a base para a moda de massa apresentados nos 60%). Esses três estágios combinados criam um planejamento ideal para as empresas arquitetarem suas coleções, com mais assertividade, menos erros e mais lucro. Ele é realizado pela Assintecal (Associação Brasileira de Empresas de  Componentes para Couro, Calçados e Artefatos), pelo CICB (Centro da Indústrias de Curtume do Brasil) e Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil), com o apoio de outras entidades setoriais. E mais Sebrae e Apex.”

Casa de Criadores – Quem mais faz o Inspira Mais?
Walter Rodrigues – “Todo o projeto que se finaliza no Inspiramais foi projetado pela superintendente da Assintecal, a Sra Ilse Guimarães, que entendeu lá no final dos anos 90 que o design seria o caminho para as empresas brasileiras sobressaírem da crise criada a partir da entrada da China na fabricação de calçados. Em 2004, com a criação do Núcleo de Design Assintecal, sou convidado a coordenar este grupo, que consta com profissionais como o Jefferson de Assis, Lucius Vilar, Marnei Carminatti, Flavia Vanelli e mais 20 consultores que trabalham a pesquisa criada pelo Núcleo de Design, internamente nas empresas participantes do Inspiramais. Jefferson de Assis é o responsável pelo projeto Referências Brasileiras. Lucius Vilar é responsável pelo projeto Mais Estampa, Marnei Carminatti é responsável pelo projeto Preview do Couro, Flavia Vanelli é responsável pelo corredor da Sustentabilidade.”

Casa de Criadores – Onde você busca inspiração e conteúdo de tendências?
Walter Rodrigues – “Partimos para a elaboração da pesquisa semestral, seguindo o contexto mundial que indica os caminhos da economia, política, artes plásticas, entretenimento – cinema, música, televisão e a moda como um todo. Este conteúdo então é elaborado a partir de referências visuais, e de palavras chave, que nortearão as escolhas das cores, formas, texturas e acabamentos. Nós estamos no início da cadeia da moda, trabalhamos com dois anos e meio de antecedência da data que o produto final chegará nas lojas para serem consumidos. A inspiração está em todo o lugar, basta saber decodificá-la. O mais importante, portanto, está na divisão onde apresentamos as inspirações a partir da Pirâmide de Produto, baseada na estrutura dos 10, 30 e 60%. 10% – Autoral – Inovação – Storytelling. 30% – Apostas – Processamento das inovações – Tendências ditadas por marcas trendsetter. 60% – Massificação – O volume, o aspecto comercial dos produtos. Com esta métrica é possível criar produtos com alma, estabelecer uma história, fortalecer os processos de fabricação e lucrar em grandes volumes.”

Casa de Criadores – Quais as tendências que você já pode adiantar pra gente?
Walter Rodrigues – “O Salão Inspiramais apresentará três histórias, distintas para o Verão 2019, que estarão nas lojas a partir de outubro de 2018. Nos 10% estamos indicando um movimento que chamamos de Teatral, e que tem a ver com a intolerância nos dias de hoje e no endurecimento das políticas externas de países como os Estados Unidos da América, e outros do bloco europeu. Esta negação da possibilidade de uma nova vida para imigrantes e refugiados está gerando um desejo por elementos folclóricos. Assim teremos bordados, estampas com motivos de flores inspiradas nas vestes de lugares em conflito, formas de coração em estampas e enfeites, tudo muito junto ocupando todo o espaço para que não se tenha lugar para saudades. Outro aspecto do Teatral são os volumes, que nas modelagens de roupas aparecem em saias e mangas, nos laços enormes, nas bolsas gigantes e nas maxi bijuterias. E finalizando o Teatral, temos um tema chamado Bloco de Cor, inspirado na Arte Concretista da Revolução Russa de 1917, que completou 100 anos. Suas cores vibrantes em forma de blocos funcionam como espanta tristeza nestes tempos de incerteza. No 30% estamos falando pela segunda vez sobre a Leveza, que foi os 10% da estação passada. Aqui, o importante são os aspectos de leveza em tudo que possamos propor em materiais. Imagens de borbulhas inspiradas nas taças de champanhe ou água com gás, elementos que flutuem em uma estampa por exemplo como se estivesse sem a força gravitacional, e mais fluidez, elasticidade, miniaturização e tensionado. Compondo assim uma linha de referências imagéticas que nos inspiram a criar estampas, formas e texturas. Já no 60%, as inspirações estão baseadas na palavra Apropriação, que agora esta na base da Pirâmide de Produto. Aqui o importante é transformar o ordinário, comum em extraordinário, focando principalmente nas estampas de flores, nos aspectos inacabados e nos efeitos de patchwork. Entendemos que cada faixa de consumo entenderá e consumirá, produtos diferentes e sendo assim uma empresa que produza artigos de moda seja para qual segmento for deveria trabalhar em nichos específicos atendendo assim a todos os seus clientes.”

Casa de Criadores – Esta edição terá o Mais Estampa?
Walter Rodrigues – “Na edição do Salão Inspiramais tratamos como tema principal a estação vigente. No caso, aqui, o Verão 2019, mas por outro lado temos também três projetos que dialogam com a próxima estação e neste caso o Inverno 2019. Os projetos buscam incentivar a criação autoral e também fornecer informações para setores como o coureiro, que precisa adiantar suas pesquisas para implantar inovações e processos de produção antes do que outros setores.Assim temos o Preview do Couro, um projeto realizado com o CICB (Centro da Indústria do Couro do Brasil) e seus curtumes. Este projeto tem a coordenação de Marnei Carminatti e decodifica a pesquisa do Inverno 2019 em texturas, cores e acabamentos, facilitando assim a criação de novos materiais nos curtumes. Este projeto é apresentado também em feiras internacionais onde o CICB se apresenta. O Projeto Mais Estampa é realizado em parceria com a Abit (Associação Brasileira da Indústria Textil) e é coordenado por Lucius Vilar. Aqui a busca de novas estampas é o mote principal. Baseados nos temas da pesquisa do Inverno 2019, estúdios de design de estamparia propõem novas imagens para o mercado. O Projeto Referências Brasileiras, coordenado por Jeferson de Assis, tem como ponto de partida a pesquisa do Inverno 2019 e sua correlação com alguma manifestação da cultural imaterial brasileira. Em sua pesquisa, Jefferson cria os componentes e materiais e depois os produtos finais, incentivando os visitantes a perceber a importância da criação autoral e da identidade do produto.Nesta edição de janeiro temos um tema a ser trabalhado que vem a ser a Sustentabilidade. Hoje considerada inseparável dos projetos de moda, a sustentabilidade atua em várias etapas dos produtos e como entendemos sua força e a necessidade da indústria se inspirar e adequar-se, teremos assim um espaço especial para este tema. Será coordenado por Flávia Vanelli, uma reconhecida design nesta matéria. Teremos a apresentação de vários produtos criados a partir dos pilares que sustentam essa diretiva.”

Casa de Criadores – Conte um pouco sobre as palestras desta edição do Inspiramais.
Walter Rodrigues – “Nesta edição as palestras serão realizadas por mim no espaço expositivo, sendo que acontecerão sempre as 9h30 nos dias 16 e 17/01. No dia 16/01, às 14h, Marnei Carminatti apresenta as inspirações no espaço expositivo para visitantes. No dia 17/01, às 17h, eu e Carminatti apresentamos um Preview do Inverno 2019 no espaço do Preview do Couro. Aqui adiantaremos nossas expectativas para a nova estação.”

Casa de Criadores – Como o Inspiramais reflete nos jovens criadores de moda?
Walter Rodrigues – “Acredito que para jovens criadores, o Salão Inspiramais seja um lugar incrível pois eles podem descobrir novas matérias e novas ideias. Este salão tem como ponto principal: a conexão entre designers e a indústria de materiais, fortalecendo os relacionamentos e gerando negócios. Como qualquer lugar inspirador, o Salão Inspiramais proporciona aos seus visitantes uma experiência única na busca por materiais de moda. Aqui sintonizadas pela pesquisa, empresas de vários setores buscam encantar seus clientes. Para quem esta iniciando um projeto de moda, aqui é o lugar certo.”

O Salão Inspiramais acontece no Pro Magno Centro de Eventos, em São Paulo. Mais detalhes, clique aqui

Compartilhe: