Poesia nos pés! Verena Smit aceitou o desafio de mostrar seu olhar de moda e arte pra Wirth Series

Verena Smit é uma fotógrafa que busca na poesia o fio condutor para seus trabalhos. Tanto que seu perfil no Instagram chamou a atenção de ninguém menos que Alessandro Michelli, diretor-criativo da Gucci, que a convidou para criar uma obra para o projeto #GucciGram, no qual 31 artistas de todo o mundo eleitos pessoalmente pelo estilista produzissem trabalhos usando como referência duas padronagens da Gucci. Ela também lançou o livro “Eu_ _ _Você”, que reúne obras da paulistana.

A artista, a única brasileira do grupo, criou para Alessandro uma colagem com ramo de flores dentro de um envelope dando uma ilusão de ótima. No papel, a palavra bloomer (fracasso) tem as últimas duas letras riscadas e substituídas por um único S, que a transforma em blooms (florescer). Pois bem: pra Wirth Series, Verena usou frases que considera ideias para cada tipo de peça. Lembrando que outros fotógrafos já participaram do projeto, tendo total liberdade para criar dentro de seu universo.

Verena explica a seguir sobre sua participação na Wirth Series, que a gente confere abaixo. Ah, e siga também Verena no Instagram, que, por sinal, ganhou um plus de seguidores com seu trabalho pra Gucci. “Já faz um anos que faço um trabalho de escrever com as fotografias ou sobre elas. A fotografia e o poema são linguagens similares, têm sua poética e sua própria forma de se revelar dentro e fora do quadro. Para esse trabalho com a wirth eu quis fazer algo leve que fale sobre o nosso ir, caminhos, andadas e como o sapatos podem nos levar a esses lugares reais ou simbólicos.”

Compartilhe: