A Virada passou, mas SP não para! Cola aqui pra conferir os eventos dos próximos dias!

A cidade que nunca dorme não deixa nem a poeira da Virada Cultural baixar e já enche nosso feed com propostas de festas e eventos de diferentes tipos de arte. Elegemos alguns deles!

dia 24
Abertura exposição de Isay Weinfeld: ‘Supercalifragilisticexpialidocious’Público

A Galeria Millan, chique que é, arma nesta quinta-feira das 19h às 22h a abertura da exposição individual do grande arquiteto brasileiro, que reúne uma série de 16 objetos inéditos no Anexo Millan. A gente tentou traduzir de um jeito simplão a ideia do release, mas já sabe né? Textos de arte são muito loucos, então basta dizer Isay é um gênio da arquitetura mundial.

Millan
R. Fradique Coutinho, 1360/1416

dia 25
Avec Elegance w/ Zé Pedro e Johnny Luxo
A dupla, que inclusive pretende lançar um livro com as imagens de divulgação da festa (leia entrevista com o Johnny aqui), tocam seus hits e animam com seus figurinos luxuosos aqueles que não têm medo de voltar pra casa tarde.  Toda semana, um artista, modelo, cineasta, DJ ou celebridade é convidado pra tocar com eles. A proposta musical transita por brasilidades e pela disco music, dos clássicos das décadas passadas até a house music atual.

Club Jerome
Rua Mato Grosso, 398
Facebook
Instagram @avec.elegance

dia 25
Workshop Metodologia Jum Nakao Modelar
Se jogue no workshop do talentoso Jum Nakao na Rua Capitão Macedo, 371, com o tema Metodologia Modelar Módulo I e II. Nem precisa dizer muito sobre ele, mas aqui tem mais informações. No mais, Jum vai ensinar a aprimorar conhecimentos de modelagem e desenvolver modelos a partir da interação de técnicas criativas. Para os interessados em desenvolvimento de coleção, moda, figurino, arquitetura, design e arte.

Edição São Paulo/SP:
Sexta-feira: 25 de Maio de 2018, Sábado: 26 de Maio de 2018.
Workshop Metodologia Jum Nakao Modelar Módulo II
Edição São Paulo/SP:
Domingo: 27 de Maio de 2018, Segunda-feira: 28 de Maio de 2018.

dia 25
Brutus na Casa da Luz | Segunda Edição
Festa mensal que acontece na Casa da Luz, é direcionada para “homens adultos que gostam de uma boa farra!”. O que isso quer dizer? Abafa… mas entre os organizadores está Oscar Bueno, que a gente sabe que toca bem e organiza festas bem legais. Também com os Djs Alexandre Bispo, Gustavo Vianna, Allan Gonçalves e Atum. No pacote, cinema com filmes pornô das décadas de 70 e 80, hot darkroom (ui) e entrada por 30 reais desde que esteja usando acessórios de fetiche (ui, ui). Ah, sem roupa paga 15 reais (ui, ui, ui). Aniversariantes do mês de maio não pagam. Começa a pegar depois da meia-noite, claro.

Casa da Luz
Rua Mauá, 512

dia 26
Reabertura da Casa Plana – livraria, café e estação de trabalho
Sábado, às 14h, a Casa Plana ganha novo endereço em São Paulo e reabre como livraria no térreo, uma seleção de cursos, espaço expositivo, biblioteca com mais de 4 mil títulos do mundo todo, um café e um espaço livre. Open Bar de Stella Artois e atrações entre som e leituras.

Rua Fradique Coutinho, 1139 – Pinheiros

dia 26
Abertura Exposição Paradoxo(s): MAC USP + Paço das Artes
Resultado da parceria entre o Museu de Arte Contemporânea da USP e o Paço das Artes – Instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo -, a exposição que abre às 11h apresenta um diálogo entre as instituições com artistas que desenharam a história do Paço das Artes e que fazem parte do acervo do MAC USP. Como lembra Priscila Arantes, diretora artística e curadora do Paço das Artes, “por não possuir uma coleção de obras de arte, o acervo do Paço é constituído pela documentação e arquivo da instituição, refletindo os registros das exposições e ações culturais ali organizadas”. O trabalho de documentação, fundamental para a memória da arte contemporânea, também é uma das questões centrais para o MAC USP. “Nesse diálogo, procuramos cotejar e acompanhar artistas que fizeram a história do Paço e estão presentes no acervo do MAC USP”, diz Ana Magalhães, curadora do Museu de Arte Contemporânea. A instalação Paradoxo do Santo, de Regina Silveira, é o ponto de partida para a curadoria de Ana Magalhães e Priscila Arantes. Saiba mais no site da MAC e do Paço das Artes.

Curadoria: Ana Magalhães (MAC USP) e Priscila Arantes (Paço das Artes)
Encerramento: 5 de agosto de 2018
Funcionamento: Terça a domingo das 10 às 21 horas
Telefones: 11 2648.0254 (recepção) – 11 2648.0258 (educativo)
Entrada gratuita 

dia 26
Cinema ao Ar Livre no CCSP #hellocinemaPúblico
Organizado pelo Centro Cultural São Paulo – CCSP e Motorola, o evento arma sessões gratuitas de cinema no terraço do centro cultural. O projeto HelloCinema faz parte da plataforma #hellocidades, que convida a usar a tecnologia como ferramenta para se reconectar com o mundo e usa o cinema como ponto de partida para reflexões sobre o futuro. A programação é longa, então se curtiu, cola aqui.

dia 26
Marcha da Maconha – 10 anos
Sem fazer apologia, até porque o buraco é mais embaixo e há muito o que ser discutido no Brasil, mas não tem como não falar sobre a Marcha da Maconha, que rola na Avenida Paulista a partir das 14h. A ideia dos organizadores e colocar fim à guerra às drogas através da legalização. Começa no Masp.

dia 27
Bom Retiro via Seul – Cultura Coreana Contemporânea em SP
Domingo, das 12h às 22h,  muita cultura urbana contemporânea coreana, unindo tradição e tecnologia de ponta. “O Hallyu, a brisa soft-power de cultura coreana, espalha globalmente suas influências sobre a música, arte, design, gastronomia, urbanismo, produção de TV e, claro, cultura pop. E por aqui? No rastro do Hallyu, Bom Retiro via Seul radiografou a Cidade para trazer ao público paulistano plugado nas tendências globais alguns highlights da marca coreana entre nós”, diz o release. Para começar, almoço feito por Paulo Schin, do Komah, restaurante da Barra Funda. E durante todo o dia, na área coberta, Alex Senna e Kuki Jai Shina mostrarão seu “Ping-pong Seul x SP”, com pintura comemorativa do Alex e vídeos revelando a cena do grafite de Seul. Iuri Rio Branco, o curador musical do evento, abre a tarde com seu set leve, seguido de Cesrv, Odara Kadiegi, Mari Mats e Master San. Wilsbife comanda o show de rap “Desafio Coreano”, com artistas e convidados do seu selo VVS Ent. E o Centro Cultural Hallyu vai oferecer oficinas de Jongie Jobgi (dobraduras de papel), Sho-ae (escrita de nomes ocidentais com alfabeto coreano), Hanbok (sabonetes artesanais com ingredientes naturais trazidos da Coreia) e Gyubang Gongar (costura tradicional e pulseiras trançadas de cordas). Ufa, até a próxima!

Rua Professor Cesare Lombroso, 161

 

Compartilhe: