Agenda: Festival FILE, Mostra Primeiros Passos, Projeto Luxúria, Edi Rock, Blade Runner e Karlla Girotto!

Deixa chover, deixa a chuva molhar porque deixar de sair de casa ninguém vai, certo? Abaixo, um resumo dos agitinhos mais legais pro fim de semana, que estão circulando nas redes sociais através das amigues.

Sábado e domingo dá pra colar no FILE São Paulo 2018 no Centro Cultural Fiesp, na Avenida Paulista. “Um dos mais reconhecidos méritos do FILE (Festival Internacional de Linguagem Eletrônica) é sua capacidade de reunir obras de artistas que utilizam, com criatividade e pioneirismo, plataformas tecnológicas para construírem poéticas que exploram os limites entre os mundos real e virtual e produzem sensações inusitadas. Considerado o mais importante evento de arte eletrônica da América Latina, o festival, em seu 19º ano, aborda o paradoxo entre o físico e o virtual, representados pelo corpo e por realidades e sensações criadas por meio do uso da tecnologia. As possibilidades criadas a partir dessa simbiose formam o fio condutor da mostra, que faz, nesta edição, uma alusão a célebre frase de Marshall McLuhan, O meio é a Mensagem”, e adota como tema central O corpo é a Mensagem, diz o convite.

No mesmo dia, das 16h às 21h, o legal é se jogar na Mostra Primeiros Passos, organizada pela Galeria Gravura Brasileira e CAACUS – Centro Acadêmico de Audiovisual do Centro Universitário Senac. Tem interesse? Fica na Rua Asia, 219. “Apresentamos a primeira edição da Mostra Primeiros Passos, uma exposição composta por obras de artistas iniciantes e emergentes.  A intenção é aumentar a visibilidade destes jovens, criando um diálogo entre a nova geração, neste início do percurso dentro do meio artístico. A seleção dos trabalhos foi feita à partir da inscrição dos candidatos em um edital aberto, pelas curadoras Alice Besen e Carlota Machado”, diz o convite. Os artistas são Aline Bueno, Arthur Diógenes, Bárbara Mello, Carlos Eduardo, Catharina Bergo, Cristiano Cipolatti, Eduardo Yuji, Isabella Carvalho, Julia Ferraz, Luísa Vasques, Mariana Leão, Nanda Carneiro, Pedro Ramos, Victoria Dowsley e Victoria Pandolfi. Com performance musical por Giovanni Manzi e Matheus Castro e projeções por Olivia Murin.

Mais sábado: Edi Rock, integrante do Racionais MC’s, se lança em carreira solo (sem deixar o grupo) com o álbum álbum “Contra Nós Ninguém Será”, com participações de grandes nomes da música. A apresentação gratuita acontece às 20h! “Edi Rock é um cantor e compositor e começou sua carreira em 1984 quando fazia bailes em residências ao lado de seu companheiro DJ KL Jay. Em 1988, na periferia da cidade de São Paulo, ao lado do próprio KL Jay, Mano Brown e Ice Blue, fundou o grupo de rap Racionais MC’s. São de autoria de Edi Rock as canções Mágico de Oz ,Tempos Difíceis, Negro Drama, A vida é desafio e Rapaz Comum, além de várias outras que fez em parceria com Mano Brown e Ice Blue”, diz o convite! O Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso fica na Avenida Deputado Emílio Carlos, 3641, Vila Nova Cachoeirinha – a 20 minutos do Terminal Barra Funda e ao lado do Terminal Cachoeirinha. Informações: facebook.com/CCJuventude. Instagram e Twitter: @ccjuventude.

Esta aqui é pras mais apimentadas: sábado tem o Projeto Luxuria Sagrado ao Profano, de Heitor Werneck. A festa é organizada por Juh Juliana Alsi e Heitor na Rua Aurora, 710, na República. “O Projeto Luxúria é uma festa temática realizada em São Paulo desde 2006 que tem como objetivo oferecer um espaço para que as pessoas realizem suas fantasias. E comemora 12 anos! Para que o espetáculo aconteça, contamos com diversos ambientes – como sauna seca e a vapor, cabines, cinema, piscina e bar, além de área para fumantes e chapelaria. A festa começa a partir da meia noite e vai até as 7h”, diz o convite. Pra ouvir, rock, industrial, electro, new wave, synthpop, futurepop e mais, além de performances sex total.

Beleza, a ideia é o conforto do cinema? Tá, tem exibição do clássico dos clássicos futuristas “Blade Runner” no domingo, às 17h30, no Centro Cultural São Paulo – CCSP, na Rua Vergueiro, 1000. Entrada gratuita. “No século 21, uma corporação desenvolve clones humanos para serem usados como escravos em colônias fora da Terra, identificados como replicantes. Em 2019, um ex-policial é acionado para caçar um grupo fugitivo vivendo disfarçado em Los Angeles. Um dos maiores clássicos de ficção-científica da história, Blade Runner é dirigido por Ridley Scott“.

Quer arte, né? Sábado também temos, às 14h,  Casa do Povo com o GE [grupo maior que eu], que vem a ser um grupo de estudos e pesquisas em processos criativos coordenado pela artista Karlla Girotto. “O grupo teve início em 2013 a partir do desejo de construir um ambiente de experimentação propício a novos modos de encontro e de produção. As investigações se manifestam por meio de uma política da imaginação. Dizemos política porque investigamos como organizar os recursos, as práticas, os espaços e a vida que partilhamos; imaginação porque destina-se à formação de ideias e imaginários – sobre como fazer e como manter a potencia criativa viva e ativa. Com a colaboração do também artista-etc Bruno Mendonça, pela primeira vez pretendemos fazer uma ação intensiva deste programa. Entre os dias 25 de julho e 11 de agosto vários convidados apresentarão trabalhos, processos e pesquisas ao público. No dia 11, o encerramento coincide com a festa de 65 anos da Casa do Povo. Para este movimento convidamos artistas e pesquisadores inquietos que têm uma estreita relação com a linguagem da performance e com noções de performatividade em suas produções”, diz o convite.

Imagem extraída do Facebook de Karlla Girotto

E que venha o sol, pelo amor…

Fim!

Compartilhe: