Martins.Tom mostra coleção rica em simbolismos fuçando no baú da própria avó

A coleção de número 6 da Martins.Tom, mostrada no último dia de Casa de Criadores, tem como inspiração as memórias afetivas do estilista em relação à sua avó, Georgina, que dá nome à coleção. Um desses resgates é o jogo do bicho, que traz uma série de símbolos que marcam o cenário da infância e sua relação com a avó.

Os seus números da sorte – 41 (cavalo) e 98 (vaca) – foram usados em uma estampa assinada pelo amigo do estilista, Herbet Loureiro. As referências aos animais também aparecem nas bolsas feitas em parceria com Cristóvão Hammes e os brincos de Carlos Penna. Fábio Gurjão desenvolveu três estampas animal print. Os óculos ficaram por conta da Zerezes. A cartela de cores é bem vibrante, tipo camisa de bicheiro, com mostarda, vermelho, marrom, verde, amarelo e laranja. Os tecidos são leves dessa vez: sedas, viscoses, linhos e algodão. Confira como ficou!

Compartilhe: