Resistir através da arte? Entre para o time do Mapa das Artes, que passa por nova reformulação!

O ano de 2019 será para os que têm como meta resistir o apoio e dedicação à cultura. Por isso este post é para contar que o site Mapa das Artes, do jornalista e crítico de arte Celso Fioravante, segue firme e passa por algumas reformulações que a agente conta abaixo. Mas antes é bom lembrar que o site Mapa das Artes existe há 14 anos e já passou por várias reformulações, “embora tenha mantido sempre seu perfil original, que é ir além das fronteiras da cidade de São Paulo, cobertas pelo Mapa das Artes impresso, que existe há 16 anos e já está na 101ª edição”, diz Fioravante.

“Ao contrário da maioria dos outros veículos, apenas depois de o Mapa das Artes impresso se estabilizar é que lancei o Mapa das Artes virtual, cujo objetivo é dar uma cobertura para as artes plásticas em todo o Brasil e para os artistas brasileiros no exterior também. Ou seja, o mapa virtual traz programação de exposições, lançamentos de livros, debates, eventos, aberturas de novas galerias, feiras de arte, enfim, tudo o que seja relacionado com artes plásticas”, completa o jornalista.

Ah, os diferenciais deste novo formato do Mapa das Artes virtual?
1 – Maior facilidade e clareza na navegação
2 – Destaque maior para imagens (antes era muito centrado no aspecto jornalístico – textos)
3 – Maior facilidade para localização dos Estados e cidades com programação no site
4 – Novas seções (além das tradicionais, Curtas, Notícias, Pega-Ladrão, Salões, Supernova e Editorial, o novo site traz agora as seções Eventos, Mercado, Prêmios, Personalidade, Política Cultural, Arquitetura, Web, Polêmica, Crítica e Patrimônio). Com todas essas novas seções e um conteúdo mais compartimentado, o leitor pode ir diretamente para o assunto que mais lhe interessa.

Curtiu? Acesse o Mapa das Artes.

Compartilhe: